21 de março de 2022

Na última sexta-feira, 18/3, foi inaugurada a Sala de Enfrentamento ao Desaparecimento de Pessoas em São João de Meriti. A iniciativa é uma parceria da prefeitura, com a Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial junto com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Superintendência de Enfrentamento das Pessoas Desaparecidas.

Da esquerda para a direita: Matheus Quintal, secretário estadual de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e Marcelo Rosa, subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial.Foto: Elias Nicacio

O Núcleo de Atendimento para Familiares de Pessoas Desaparecidas e Documentação (NAFADD), em São João de Meriti, funciona como um polo de acolhimento e acompanhamento das famílias que vivenciam a ausência de um familiar. Possui parcerias com o disque denúncia e com o Ministério Público para otimizar a busca pelo desaparecido junto à rede de apoio.

“Esse equipamento vem para amenizar essa dor. Eu não consigo imaginar o sofrimento de quem possui um ente desaparecido, que esse lugar ofereça acalento, carinho, um abraço, aperto de mão”, afirmou o secretário estadual Matheus Quintal.

Da esquerda para direita:  Almerinda de Carvalho, secretária de Assistência Social; Drª Malu, subsecretária de Saúde; Marcelo Rosa, subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial; Matheus Quintal, secretário estadual de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social; Jovita Belfort, superintendente estadual de Pessoas Desaparecidas e Documentação e Luciana Calassa, subsecretária estadual de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social. Foto: Elias Nicacio

A superintendente da pasta, Jovita Belfort, destacou a importância desse trabalho realizado junto com a Prefeitura de Meriti e afirmou que, após as ações de conscientização, a estatística de pessoas desaparecidas no município diminuiu. “São João de Meriti me recebeu de braços abertos e a abertura dessa sala significa muito para mim, sendo de uma importância social e humana sem tamanho, pois é a implementação de uma política que temos desenvolvido em equipe”, afirmou ela.

O subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial, Marcelo Rosa, destacou o quanto o município tem avançado em relação à causa: “A inauguração dessa sala para mim é a realização de um sonho, é um grande avanço para nossa cidade. Isso significa que estamos evoluindo e se tornando pioneiros em muitas pautas de impacto social. Agradeço muito ao prefeito Dr. João, ao deputado estadual Valdecy da Saúde, à superintendente estadual de Pessoas Desaparecidas e Documentação Jovita Belfort e ao Governo do Estado, na pessoa do secretário Matheus Quintal por não medirem esforços na hora de abraçarem nossas causas”.

Marcelo Rosa, subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial; Matheus Quintal, secretário estadual de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e a equipe. Foto: Elias Nicacio

A sala conta com uma equipe dinâmica composta por advogados, psicóloga e assistente sociais, tendo um fluxo de atendimento pautado na orientação, no registro de ocorrência e na triagem de atendimentos.

Participaram do evento: Marcelo Rosa, subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial; Matheus Quintal, secretário estadual de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social; Jovita Belfort, superintendente estadual de Pessoas Desaparecidas e Documentação; Almerinda de Carvalho, secretária de Assistência Social, representando o prefeito Dr. João, subsecretários e representantes de vários setores da sociedade.

Funcionamento da sala:
Endereço: Av. Presidente Lincoln, 911 – Jardim Meriti, São João de Meriti. (Edifício Antares)
Sala: 326 (ou sala 307 de Direitos Humanos).
Horário: De segunda a sexta, das 8h30 às 17h30. Aos finais de semana e feriados pelo e-mail: pessoasdesaparecidas@meri

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>