25 de novembro de 2021.

A Prefeitura de São João de Meriti, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, realizou nesta quinta-feira, 25/11, no Grande Rio, o Festival de Atletismo Unificado das Olimpíadas Especiais. O projeto possui 50 atletas adultos com deficiência intelectual que competem com outros que não possuem deficiência. Os participantes realizaram provas de campo e pista, arremesso de peso, corrida e salto.

Da esquerda para a direita: secretário de Esporte e Lazer Dinho Meriti e prefeito Dr.° João.Foto: Beto Franzem

Em sua fala, o Prefeito Dr.°João destacou a importância da atuação exercida pelo responsável pela pasta, Dinho Meriti: “Deixo aqui o meu apoio total por essa causa e por esse trabalho. Gostaria de agradecer ao secretário pela forte atuação social exercida aqui no município, com a atuação de todos que se interessam pela causa”. O secretário de Esporte e Lazer, Dinho Meriti, comentou: “Ações como essa são de grande importância no município, pois ajudam a promover a inclusão, integração, desenvolvimento social e psicomotor desses alunos, além de outras experiências que a prática esportiva proporciona. Estamos muito felizes em mais uma vez poder abrir as portas da nossa Vila Olímpica para um evento tão importante quanto esse.”

Da esquerda para a direita: prefeito Dr.°João, o atleta líder Paulo Vitor Menezes e o secretário de Esporte e Lazer Dinho Meriti.Foto: Beto Franzem

Paulo Vitor Menezes, atleta líder Brasil (possui um destaque maior em relação aos demais participantes), destacou a importância do esporte na vida das pessoas que possuem algum tipo de limitação intelectual, “O esporte é capaz de mudar a realidade de muita gente e mostrar que pessoas com deficiência não são “pobres coitados”. As Olimpíadas Unificadas promovem a inclusão e são um porta voz na vida desse grupo. O esporte modificou minha vida, cresci ouvindo que não teria capacidade de chegar até aqui, hoje sou um atleta formado, já viajei para Dubai representando o Brasil. As práticas esportivas foram fundamentais para todo meu desenvolvimento intelectual.”

Da esquerda para a  direita: Gabriel dos Santos, atleta; Alexandra dos Santos, mãe  e David Alexandro dos Santos, atleta e irmão do Gabriel. Foto: Beto Franzem

Alexandra dos Santos, mãe de três atletas do projeto afirmou: “Tenho três filhos especiais, dois são gêmeos e autistas, já minha filha é cadeirante, eles fazem parte desse projeto desde o início, o desenvolvimento da parte motora e física dos meus filhos melhoraram muito. Hoje deixo um convite para todas as mães que possuem filhos especiais. Eu sempre falo: procure os projetos de inclusão da Vila Olímpica, pois meus filhos melhoraram muito. Retornar às atividades depois do isolamento foi fundamental.”

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>