Unidade referência funciona no posto do Sumaré

Cerca de duas mil pessoas estão cadastradas no Polo de Endocrinologia da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São João de Meriti. O local, que já se tornou referência na Baixada Fluminense, funciona no Posto Médico Sanitário Jardim Sumaré, no bairro do mesmo nome. Além de médico endocrinologista, no polo, os pacientes contam com atendimento multiprofissional, com nutricionista, psicólogo, educador físico e enfermeiro especialista.

A endocrinologia é a especialidade médica que estuda as glândulas endócrinas e os hormônios por elas produzido, além das alterações metabólicas e distúrbios decorrentes da deficiência ou excesso hormonal. Ou seja, o endocrinologista trata a obesidade, a hipertensão, o diabetes, tumores na hipófise, no hipotálamo, na tireoide, nas glândulas supra-renais, no pâncreas e nas gônadas (ovários e testículos), entre outras atribuições.

“Precisamos alertar à população sobre a importância do diagnóstico precoce e o tratamento correto, principalmente em relação a diabetes. Muitos pacientes chegam para nós já sem uma perna ou perda da visão, e geralmente em casos que poderiam ser evitados com o tratamento correto. Aqui temos uma equipe multiprofissional especializada, além de materiais, insulinas e vários tipos de medicamentos para os distúrbios endócrinos. Nosso polo já virou referência na Baixada, pois não tenho notícias sobre um atendimento multiprofissional público para estes tipos de tratamento na região”, explica o médico endocrinologista José Gaspar Rezende, que até 2016 era engenheiro, mas resolveu mudar de profissão após sofrer complicações devido ao diabetes.

Um dos pacientes do polo de endocrinologia, Roberto Jorge Batista de Oliveira se tornou um caso de sucesso. De acordo com ele, seu tratamento para neuropatia diabética só foi possível após diagnóstico no polo. “Eu sentia muitas dores, vivia à base de analgésicos, não dormia e chorava de dor. Já sabia que tinha diabetes há quatro anos, mas nenhum médico descobriu porquê eu tinha essas dores. Chegaram a pensar que eu tinha Aids. Fui internado várias vezes. Estava magro e sofrendo. Aqui tive o diagnóstico correto e o tratamento adequado. Sem isso eu não sei o que teria sido da minha vida. Eu e minha família só temos a agradecer”, lembrou Roberto.

Quem pode buscar tratamento no Polo de Endocrinologia de São João de Meriti:

Para ter atendimento no Polo de Endocrinologia é necessário passar por uma triagem para cadastro. É preciso levar documentos, comprovante de residência, além de laudo médico, se necessário. A triagem acontece às segundas e quartas, das 8h às 16h, no posto Sumaré, que funciona na Estrada das Pedrinhas, s/nº, Jardim Sumaré.

Antes de se cadastrar, o paciente precisa ver se atende aos critérios do programa, estabelecidos pelo Ministério da Saúde. O tratamento é destinado a pacientes que estão nos seguintes casos:

– com diabetes que fazem uso de insulina ou em dosagem máxima de comprimidos;

– com diabetes gestacional;

– obesidade, com Índice de Massa Corpórea (IMC) acima de 35 kg/m2;

– com alterações endócrinas (tireoide, problemas hormonais);

– com dislipidemia (colesterol anormalmente elevado ou gordura no sangue);

– pessoas que precisam de encaminhamento para tratamento de transição de gênero;

– diabéticos podem contar ainda com enfermeiro especializado para atendimento, individual ou em grupo, para Educação em Diabetes (orientações em relação à doença e suas consequências para o correto controle e evitar surgimento de complicações).

09 de Setembro de 2019

Fotos: Beto Franzem

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>