Nome havia sido registrado errado em Natal – RN

Em 2018 quando a gerente comercial Geisa Pessoa (44) compareceu ao Centro de Referência em Direitos Humanos da prefeitura, para solicitar uma segunda via da certidão de nascimento, não fazia ideia das dificuldades que teria pela frente. O documento, que havia sido emitido em Natal (RN), estava muito antigo e Geisa precisava de uma nova via para se casar.

A Prefeitura de São João de Meriti, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer, Direitos Humanos e Igualdade Racial, realizou todo o procedimento necessário com o cartório daquele município, porém, quando recebeu o documento, já em 2019, foi observado que o primeiro nome da solicitante estava escrito com “z” ao invés de “s”, diferente de todos os documentos pessoais dela.

Prontamente, a secretaria fez novo contato, avisando o equívoco na grafia. Entretanto, foi informado que este era o nome registrado no Livro de Nascimentos daquele cartório, sendo necessário a abertura de um procedimento administrativo para fazerem os ajustes, o que poderia demorar longos meses, adiando o casamento de Geisa com seu noivo.

De acordo com Jonathan Sabino, advogado da Secretaria, para retificar o nome, seria necessário uma ação judicial e que não apenas os documentos de Geisa poderiam ser afetados, mas também os dos filhos dela, “nós já não acreditávamos que daria para resolver de forma administrativa”, ressalta Jonathan.

A pasta então juntou diversos documentos e enviou um parecer para Natal, informando que se tratava de um histórico de vida, e que precisava da retificação.

A espera finalmente terminou na última sexta-feira (22/11), com a chegada da certidão de nascimento de Geisa, escrita com “s”, não havendo a necessidade de mudar todos os seus documentos e os de seus familiares. “A alegria dela e de seu futuro marido foram recompensadores”, ressaltou o advogado da pasta.

Geisa, agora vai poder dar sequência em sua vida sem a preocupação de ter problemas com o nome. “Sem a ajuda da secretaria eu não teria conseguido, não teria tempo, nem dinheiro e talvez tivesse que viajar até Natal, eu não tinha mais esperanças e fiquei muito feliz com o trabalho de excelência”, contou emocionada.

2 de dezembro de 2019

 

 

 

Visitas: 1126

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>