A Secretaria Municipal de Educação já está se preparando para receber os mais de 30 mil alunos da rede neste no ano letivo. O município possui 65 unidades de ensino e está tomando as medidas necessárias para receber os alunos em um ambiente escolar de qualidade.

A prefeitura acredita que um local adequado proporciona um melhor desempenho aos alunos e melhor valorização dos profissionais envolvidos.

Mais qualidade gastando menos.

Em entrevista, o secretário de Educação, Bruno Correia, afirmou que dos R$ 4 milhões investidos em alimentação dos alunos de Meriti, R$ 3,5 milhões são do próprio município, sendo somente R$ 500 mil do Governo Federal. “Na gestão passada a prefeitura gastava cerca de R$ 6 milhões e não fazia um bom serviço, nós conseguimos melhorar a gestão dos recursos e temos uma alimentação de alta qualidade, com produtos requisitados no mercado e com frutas, verduras e legumes frescos, de produtores da própria Baixada Fluminense”.

Vale lembrar ainda que nos meses de novembro e dezembro de 2018 e janeiro de 2019 o município arcou sozinho com essas despesas, porque não recebeu os repasses do Governo Federal. Isso aconteceu devido aos bloqueios por conta das investigações da Polícia Federal ao ex-prefeito, suspeito de superfaturar o valor da compra dos alimentos dos alunos. “O prefeito, Dr. João, foi a Brasília várias vezes para conseguir o desbloqueio, além disso, garantimos que nesse tempo o serviço não fosse interrompido, nenhum aluno ficou sem alimentação”.

As aulas vão retornar na primeira semana de fevereiro, até lá a Secretaria de Educação segue firme, trabalhando para fazer mais um ano de aprendizado e de realização na vida dos nossos alunos.

Visitas: 1415

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>