Multas podem chegar a R$ 8 mil
Uma operação da Vigilância Sanitária de São João de Meriti, nesta quarta-feira (18), teve um saldo preocupante: de quatro farmácias, três foram autuadas por irregularidades, no bairro Parque Araruama. Elas receberam autos de infração por falta de farmacêutico responsável no local. Essa exigência consta da Lei nº 13.021, publicada em 11 de agosto de 2014. A lei reitera a obrigatoriedade da presença permanente deste profissional nas farmácias de qualquer natureza, conforme já determinava a Lei nº 5.991/73.
Uma das drogarias foi notificada ainda por falta de organização nos depósitos e refrigeração inadequada de alguns medicamentos. E mais: o ar condicionado estava queimado, o que também pode comprometer o armazenamento dos produtos.
As farmácias autuadas deverão corrigir as irregularidades. Elas terão, no entanto, 15 dias para entrar com recursos que, se forem negados, acarretarão em multas que podem chegar a R$ 8 mil.
De acordo com o superintende da Vigilância Sanitária, Paulo Rodrigo, o choque de ordem vai continuar nas drogarias do município nas próximas semanas. As operações serão realizadas em todos os bairros.
“O intuito não é reprimir o empresário, mas orientá-lo da forma adequada no atendimento da população. Infelizmente, nessas vistorias encontramos algumas irregularidades e não podemos nos omitir. A Vigilância Sanitária está à disposição do empresário para esclarecer qualquer dúvida quanto aos padrões sanitários municipais”, orienta.
Legendas:
Foto 1 – Remédios encontrados em temperatura inadequada
Foto 2 – Fiscal escreve os autos de infração
Foto 3 – Medicamentos e produtos vencidos, mas que não estavam separados em locais próprios para descarte

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>